segunda-feira, 22 de março de 2010

22 de março: Dia Mundial da Água

Dia da Água é o dia para comemorar os outros 364 dias dos quais nos lembramos dela. Lembramos diariamente que ela está presente em 70% do nosso corpo. Lembramos todos os dias que apenas 0,007% do total da água do planeta está disponível para o consumo dos 6 bilhões e 800 milhões de habitantes. Lembramos da "Declaração Universal dos Direitos da Água" e das razões da ONU ter criado, em 1992, o Dia Mundial da Água. Lembramos? Todo dia? Toda semana? Todo mês? Será que uma vez por ano, no dia 22 de março, seria justo parar para pensar em um dos nossos principais tesouros?

Nosso planeta tem cerca de dois terços só de água. Pela lógica, existe água sobrando para a população. E até parece um absurdo falar em crise da água. Mas não é bem assim. 97% da água do planeta são água do mar, imprópria para ser bebida ou aproveitada em processos industriais; 1,75% é gelo; e 1,24% está em rios subterrâneos, escondidos no interior do planeta. Restam apenas 0,007% do total de água do planeta para o consumo de mais de seis bilhões de pessoas.

Some-se a isto o despejo de lixo e esgoto sanitário nos rios, ou ainda as indústrias que jogam água quente nos rios - o que é fatal para os peixes. A pouca água que existe fica ainda mais comprometida. Isto exige a construção de estações de tratamento de esgoto e dessalinização, por exemplo. E exige conscientização para que se evite o desperdício e a poluição, principalmente nas grandes cidades. Leia dicas para evitar o desperdício!

Uma questão que concerne especialmente ao Brasil, como grande potência do agronegócio que é, é sobre o incremento da produtividade do uso da água na produção de alimentos. Por aqui, a atividade responde por 70% do consumo de água e também é apontada entre as que contribuem para a contaminação das fontes hídricas. Estimativas indicam que, para cada quilo de arroz produzido, são gastos quase dois mil litros de água. Já a produção de um quilo de soja, a nossa principal commodity, consome 1,8 mil litros.

“Melhorar esses indicadores é importante não apenas para evitar um colapso no abastecimento futuro, mas também para assegurar que a produção de alimentos será compatível com o crescimento populacional esperado. Uma medida simples e que já poderia estar valendo é incentivar os agricultores a utilizar técnicas mais eficientes de irrigação, como a por gotejamento, em substituição à irrigação por aspersão, a mais utilizada atualmente”, afirma Carlos Lemos da Costa, engenheiro e consultor sobre o uso racional da água.

Com o objetivo de chamar a atenção para a questão da escassez da água e, consequentemente, buscar soluções para o problema, a Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu, em 1992, o Dia Mundial da Água, comemorado em 22 de março. Por conta disso, a ONU também elaborou um documento intitulado "Declaração Universal dos Direitos da Água", que trata desse líquido como a seiva do nosso planeta.

Fonte: http://www.itu.com.br/meio-ambiente/noticia/22-de-marco-dia-mundial-da-agua-20100201

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Qualidade de Vida

Vídeo produzido por alunos do curso de Administração da turma 211A da ETEJK.
video

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Doe seu lixo


Faça seu lixo gerar renda
Projeto da ONG ‘Doe seu Lixo’ está ao alcance de qualquer um. Basta fazer cadastro para ter material reaproveitável retirado de casa. Resíduos garantem subsistência de muitos
Rio - O lixo caseiro que vai para a caçamba da coleta pública — em geral sem o menor critério de seleção —, após separação adequada, pode se transformar em matéria-prima e gerar trabalho e renda para famílias com poucos recursos. A ONG ‘Doe seu Lixo’ tornou a proposta realidade há seis anos. More em casa ou apartamento, qualquer um que vive no Rio pode se cadastrar para ter resíduos recicláveis retirados e vê-los ganhar valor.

A ‘Doe seu Lixo’ surgiu da preocupação da atriz Isabel Fillardis com o meio ambiente e a população de rua. Apoiada pelo marido, Julio Cesar Santos, secretário geral da ONG, ela começou a bater à porta de empresas para obter doadores e colaboradores. “O primeiro objetivo era gerar emprego e renda, o segundo, dar destinação adequada aos resíduos. A Isabel saiu a campo para abrir portas e, desde então, o projeto já tirou 650 pessoas da rua, que foram transformadas em agentes ambientais”, orgulha-se Julio Cesar.

Com a conquista de parceiros de peso, como a Coca-Cola Brasil e o Banco Itaú, a ONG profissionalizou-se, expandiu-se e ganhou status de programa de qualificação. “Passamos a ser procurados não mais apenas por catadores de rua, mas também por chefes de família desempregados, por exemplo. Pessoas que simplesmente queriam fazer do segmento uma alternativa de trabalho. Para atender a essa nova demanda, foi montada uma grade de treinamento, que aborda separação de resíduos, recuperação de áreas degradadas, limpeza de galerias pluviais, gestão, entre outros processos”, explica Julio Cesar.

SABER COMPRAR E DESCARTAR

Empresas ou pessoas que quiserem descartar qualquer tipo de lixo reciclável podem participar desse mutirão e sem desembolsar nenhum centavo por isso. Para tanto, basta ligar (3286-9656/ 3287-3135) ou enviar e-mail: atendimento@doeseulixo.org.br. Por meio de um sistema on-line, o doador pode acompanhar todo o passo a passo da transformação do lixo em remuneração para os ex-catadores e hoje agentes.

O ideal, porém, é juntar lixo suficiente para encher um saco de 50 litros. O próprio site orienta quanto ao que pode ou não ser reaproveitado. “Mas o primeiro desafio mesmo é aprender a consumir de forma consciente. A gente tem muita coisa em casa que fica esquecida, porque compra demais ou sem necessidade. Tem que ter consciência para comprar e descartar”, prega Julio Cesar.

Fonte: Jornal O DIA – 6/09/2009

sexta-feira, 19 de junho de 2009

3 Rs song


Reduce reuse recycle
Jack Jonhson
Three it's a magic number
Yes it is, it's a magic number
Because two times three is six
And three times six is eighteen
And the eighteenth letter in the alphabet is R
We've got three R's we're going to talk about today
We've got to learn to
Reduce, Reuse, Recycle
Reduce, Reuse, Recycle
Reduce, Reuse, Recycle
Reduce, Reuse, Recycle
If you're going to the market to buy some juice
You've got to bring your own bags and you learn to reduce your waste
And if your brother or your sister's got some cool clothes
You could try them on before you buy some more of those
Reuse, we've got to learn to reuse
And if the first two R's don't work out
And if you've got to make some trash
Don't throw it out
Recycle, we've got to learn to recycle,
We've got to learn to
Reduce, Reuse, Recycle
Reduce, Reuse, Recycle
Reduce, Reuse, Recycle
Reduce, Reuse, Recycle
Because three it's a magic number
Yes it is, it's a magic number
3, 3, 3
3, 6, 9, 12, 15, 18, 21, 24, 27, 30, 33, 36
33, 30, 27, 24, 21, 18, 15, 12, 9, 6, and
3, it's a magic number

quarta-feira, 6 de maio de 2009

domingo, 3 de maio de 2009